Meus equipamentos de fotografia

18 abril 2018

Já tinha bastante tempo que eu queria fazer um post sobre os meus equipamentos fotográficos, até fiz a foto e tal, mas não sei o que aconteceu que esse post nunca sequer foi escrito. Então, resolvi parar de enrolação e finalmente estou escrevendo.
Ele vai ser bem básico do básico, só falando o que uso sem entrar em muitos detalhes. Mais para frente, quem sabe, faço um mais aprofundado em especificações e afins.
Canon T5i (700D): Por mais ou menos um ano, usei a Canon T3 e ela supria bastante minhas necessidades da época, mas depois comecei a querer gravar alguns vídeos, ter foco automático e acabei vendendo ela e juntando dinheiro para poder comprar a minha queridinha Canon T5i. Uma das maravilhas dela é o visor que a além de ser retrátil, também é touch. Não me lembro muito bem, mas quando comprei, há uns dois anos atrás, eu acho, paguei mais ou menos R$2300.

EF-S 18-55mm: Essa é a lente do kit e é bem básica, mas não consigo abrir mão dela. Ela é ótima para quando quero fotografar no quarto, porque permite que eu faça fotos em ambientes pequenos e mais próximo do meu objeto/pessoa. O foco automático dela é bastante silencioso e extremamente rápido se comparado as minhas outras duas lentes.
>> Clique aqui para exibir fotos tiradas com a EF-S 18-55mm <<

EF 75-300mm III USM: Fiz uma wishlist uma vez com algumas coisas que queria e a 75-300mm estava na lista. Depois de muito tempo mesmo consegui juntar o dinheiro e comprar ela usada de um fotógrafo que anunciou em um grupo no Facebook por R$450 + frete. Ela tem um foco bem barulhento e não é tão rápido assim. Geralmente uso ela quando quero fotografar o por-do-sol pela janela do meu quarto, ou quando vou nos eventos do Campinas Anime Fest e quero fotografar os palestrantes no palco. Usei ela para fazer o primeiro ensaio de fotos com a minha prima e gostei bastante do resultado, apesar de ter comprado ela especificamente para objetos à longa distância.
Se você quer investir em uma lente de zoom, a 75-300mm é ótima e com um preço bem amigo.
>> Clique aqui para exibir fotos tiradas com a EF 75-300mm III USM <<

EF 50mm f/1.8 STM: A segunda lente que comprei, depois de vender uma câmera antiga minha, e foi a melhor aquisição. Eu já tinha testado ela quando fiz as fotos do Robson e peguei a lente emprestada do meu amigo, Guilherme, depois disso a vontade de colocar as mãos em uma e chamar de minha cresceu demais. Ela é uma lente fixa, o que faz de você o próprio zoom. A abertura de f/1.8 é perfeita para fundos desfocados e também permite maior entrada de luz, o que já ajuda muito para fotografar em ambientes com pouca luz.
Com relação ao foco automático, vou ser sincera e dizer que me decepcionou um pouco. Antes de comprar ambas as lentes, já tinha visto várias reviews e já sabia que o foco da 75-300 não era lá aquelas coisas, mas todos os vídeos que assisti sobre a 50mm mostraram que ele era bastante rápido e silencioso. Não sei se é as configurações que uso na câmera ou alguma outra coisa, mas esse é meu único problema com ela, apesar de amá-la.
Comprei ela no site da Canon e paguei R$500 + frete grátis, e na época, veio de brinde uma capa protetora para lentes.
>> Clique aqui para exibir fotos tiradas com a EF 50mm f/1.8 STM <<

Flash Yongnuo YN-560 II: Ganhei esse flash de um amigo fotografo do meu namorado e foram raras as vezes que usei ele. Como geralmente fotografo à luz do dia, não tem necessidade alguma de usá-lo, então as vezes coloco a pilha, que são quatro, só pra fazer ele funcionar e pronto. Para quem está iniciando ele é ótimo e vai suprir todas as necessidades. Quando fiz as fotos de um casamento, meu primeiro trabalho remunerado como fotógrafa, usei ele em algumas das fotos.
Um dos grandes motivos em não usá-lo muito é porque apesar de ver mil e um tutoriais, ainda não consigo entender como usar.

Tripe Greika WT3710: Comprei esse tripé quando ainda usava a minha Fujifilm S8200 e queria gravar vídeos com ela. Foi o mais barato que encontrei no Submarino e ele quebra bem o galho. Ele chega em uma altura máxima boa para mim que tenho um metro e sessenta e pouco. É bem leve, então dá para levar para vários lugares, porém parece sem bem frágil, então cuidado é sempre bom.

Bolsa Zogue: Sou daquelas que está sempre de mochila, e aí quando saía colocava todo o equipamento em necessaires, mas elas ficavam balançando lá e eu tinha medo de estragar. Fiquei namorando algumas bolsas no site do Banana Foto e eis que um dia entrei e a Zogue estava em promoção.
Consigo carregar nela todos os meus equipamentos (coloco a 50mm em cima da 18-55mm) e no bolso da frente ainda dá para colocar a capa protetora e o carregador. Para o tanto de coisas que tenho ela é perfeita, a única coisa que tenho a reclamar é a alça que incomoda bastante e não têm nenhuma proteção.

É sempre bom utilizar filtros nas lentes para proteger de quedas e sujeira, mas nunca encontro nenhum que caiba no meu orçamento extremamente baixo, então a 18-55mm é a única que tem essa proteção.
Para a 75-300mm tenho um parasol bem baratinho que encontrei em uma loja de fotografia aqui da minha cidade.
O cartão de memória que uso é um SanDisk Ultra de 32gb que veio com adaptador, pois no site do Submarino não estava especificando que era aqueles para celular. Tenho um Lexar Platinum II de 8gb para reserva que veio junto com a minha câmera.

Foram tantos meses de enrolação para escrever esse post que quando comecei só fui parar duas horas depois, quando terminei. Se você sabe como ajudar a burra com o "probleminha" da 50mm, ou tem algo em específico que queira que eu coloque no post sobre os equipamentos, deixa seu comentário aí embaixo que vou responder o mais rápido possível 💖

Nenhum comentário

Postar um comentário