Bianca de Oliveira #10

23 fevereiro 2015

2014-11-16 06.46.31 1
Foto por Bianca de Oliveira
Luzes apagadas, consigo escutar o silĂȘncio da noite invadindo o quarto. NĂŁo atrevo a me mexer, qualquer barulho pode acabar com o encanto desse silĂȘncio que nĂŁo existe durante o dia. Agora Ă© o momento de escutar a si mesmo. Sem quebrar o silĂȘncio, nada alĂ©m disso pode ser feito agora.  ObrigaçÔes nĂŁo tem tempo na noite. Cobranças tambĂ©m nĂŁo. Por isso a ansiedade nĂŁo tem vez tambĂ©m; nĂŁo podemos fazer nada, somos refĂ©ns das limitaçÔes que a noite traz. O mundo funciona de dia. HĂĄ quem pergunte por que a preferĂȘncia pela lua. E eu respondo: basta olhar para o seu dia. O dia do trabalhador numa metrĂłpole capitalista. Que dia. Passamos ele inteiro escutando outras pessoas. Cheio de cobranças, ordens, obrigaçÔes, reclamaçÔes, os diversos humor que temos que vestir, entre tantas outras coisas. AtĂ© a noite profunda cair. E vocĂȘ se instalar nela. Apenas fazer parte. Estar. Sem ter que nada. Viajar na luz do luar pelas constelaçÔes.

Nenhum comentĂĄrio

Postar um comentĂĄrio

© 2014 - wolfmess đŸŒ” | Base por Maira Gall | ModificaçÔes e Design por Jamile GaltĂ©rio (eu!)