80 posts // O que você estava fazendo nesse mesmo dia há um ano atrás?

10 maio 2015

No dia 10 de maio de 2014 eu estava acordada desde as cinco da manhã pra encarar uma fila quilométrica e assistir ao primeiro show do One Direction em São Paulo (segundo show no Brasil).
E queria dar diversas dicas de como fazer a compra do ingresso com antecedência, procurar excursão e companhia, e todas essas coisas necessárias, mas foi tudo corrido.
Quando iniciaram as vendas para os shows eu entrava no site todos os dias, e chorava um pouquinho por não poder ir, e depois de umas semanas eu em conformei com a ideia de que eles iriam vir para o Brasil e eu não iria vê-los. Faltavam exatamente uma semana para o dia do show e eu comecei a ficar eufórica. Peguei todo o dinheiro que eu tinha no banco, e era tanto dinheiro que meu pai pagou quase metade do ingresso e minha mãe pagou a excursão, e fui pro shopping comprar o ingresso.
Chegando lá a porcaria da minha declaração de estudante estava vencida, e eu e minha mãe corremos até a minha escola pra eles me entregarem uma nova, e quando cheguei no shopping novamente tive que esperar meia hora uma mulher discutir com a funcionaria por uma coisa que a moça não podia resolver, afinal, a mulher comprou dois ingressos com cartões diferentes e necessitava deles dois pra retirada dos mesmos, e lá fiquei eu, impaciente esperando. Pra melhorar completamente o dia, eu fiz a contagem errada do dinheiro e me faltavam cinco reais, e por sorte achei moedas no meu bolso e consegui completar e comprar.
Eu já tinha o ingresso em mãos, mas não tinha quem me levasse e iria ficar completamente sozinha lá, até que graças ao poder das directioners, descobri que a filha de uma amiga da minha mãe iria no show e de pista comum. Logo entrei em contato com ela e combinamos de ir junto, ela me passou o contato da moça que faria a excursão (Debora Excursões) e implorei pra minha mãe pagar excursão pra mim, isso faltando três dias pro show. Foi uma rápida correria entre assinar a autorização, reconhecer firma, pagar excursão, comprar comida, mas no final deu tudo certo e eu consegui descansar um dia antes do show.

No dia 10 eu acordei super cedo e fiquei toda ansiosa. Arrumei a mochila milhares de vezes e só faltei colar o ingresso e documentos na testa.
Não me lembro mais ou menos que horário que chegamos em São Paulo, mas assim que descemos do ônibus, eu e as outras duas meninas (Carol e Carol, kkkkkk) fomos procurar a fila certa pro pessoal da pista. Foi uma tremenda confusão porque em cada entrada que íamos o pessoal autorizado do local dizia que não era lá, no final umas meninas chamaram a gente pra ficar com elas na fila e de repente estávamos todas lá na frente e correndo pra entrar. Uma coisa muito engraçada era que sempre que passava algum ônibus na frente algumas pessoas gritavam que era os meninos da banda e as meninas só faltavam chorar.
Queria dizer pra vocês que eles não revistam a bolsa e blá blá blá, mas eles revistam de quem eles querem. Na minha mochila tinha salgadinhos, água e a bolsa da minha câmera compacta, a mulher que olhou minha mochila jogou fora a garrafinha, e quando pegou a bolsa da câmera eu apenas avisei ela sobre o que era e ela me deixou entrar, sem nem realmente olhar o que era, já na bolsa das outras pessoas pode ter sido diferente (jogaram um livro da Carol fora). Tinham especificado para não levar cartazes e essas coisas, mas quando estávamos tentando ir pra grade um garoto com um cartaz gigantes apareceu perto da gente (isso porque na entrada tinha diversos cartazes no lixo porque não deixaram entrar).
Dica: não comprem nada lá dentro, evite ao máximo comprar qualquer coisa que não seja água. As capas de chuva estavam com um preço absurdo dentro do estádio, mas lá fora estavam vendendo por uns cinco reais.
Ficamos horas e horas esperando até a banda de abertura, o P9, começar a tocar. Depois que os meninos do P9 saíram foram aproximadamente 30 minutos ou menos até que começasse o vídeo de abertura do One Direction.
Quando eles entraram eu não sabia se chorava, se gritava, cantava ou tirava fotos, mas obrigada Deus, eu consegui fazer tudo isso e sai de lá sem voz, molhada por causa da chuva que começou no show de abertura e acabou cinco minutos antes dos meninos entrarem, e super rouca.
A gente se empurrou entre um monte de gente e conseguimos ficar em um lugar bom pra ver o palco, e me rendeu boas fotos. A Carol Luck filmou a maior parte do show pra mim enquanto eu tirava fotos e filmava o pouco que minha câmera deixava - ela tomou um pouquinho de chuva e ficava desligando se começasse a gravar.
Tem gente que acha besteira essa história de filmar o show inteiro, eu também acho, mas era meu primeiro show, a primeira boyband que eu ficava em fanatismo total, e era a terceira turnê deles e a primeira deles no Brasil, e não, eu não ia ter outra oportunidade de ir porque essa história de ser fã de boyband não é fácil. Eu consegui ir de última hora e com um planejamento mal feito, e ver um o penúltimo show do Zayn Malik no Brasil, caso acontece outro show, eu vou ver apenas três quartos da formação original, então não, não é pra tudo que a conversinha de "você vai poder ir em outros" serve.
Quando a gente saiu tinha tipo uma "loja" pra você comprar os produtos oficiais e era tudo muito caro. Minha vontade era ter comprado um moletom da turnê, mas acabei comprando um poster (R$40,00) e um tour book (R$30,00), e isso sim eu me arrependi de ter comprado, mas era as únicas recordações que eu podia pagar, então, lá se foi R$70.
Já tem um ano - hahahahahha - que eu queria fazer um post sobre esse dia, afinal, eu realizei um dos meus sonhos que era ir em um show, e por mais que agora eu seja apenas fã e não mais um directioner, eu não me arrependo de ter gasto dinheiro pra ver algo que eu podia achar na internet. Ver um show ao vivo é extremamente diferente de ver pela internet, a sensação é outra, a qualquer momento você pode desmaiar por causa do calor, da gritaria e seja lá o que. É uma experiência que você não tem quando vê o show na frente do computador.
Eu super recomendo que você vá em shows caso você tenha a oportunidade, se eu não tivesse ido estaria me culpando até hoje por ter dinheiro e não ter aproveitado a oportunidade. Meus amigos diziam que eu nem ia mais gostar deles meses depois do show, mas cá estou eu, ouvindo One Direction no volume máximo todos os dias antes de ir pra escola, e com o meu quarto cheio de pôsteres deles.

Esses são apenas alguns dos vídeos que eu coloquei no meu canal pessoal, já que na época minha internet não colaborou com o upload do resto.

Vocês podem ver mais algumas das fotos que eu tirei na minha conta do Flickr.
Por favor, se usarem as fotos deem os devidos créditos à mim, e caso encontrem algum lugar usando as fotos sem creditar, eu imploro que me avisem.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© 2014 - wolfmess 🌵 | Base por Maira Gall | Modificações e Design por Jamile Galtério (eu!)